Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 11 de Julho de 2019 às 08h11

Anvisa disponibiliza o rastreamento de medicamentos por aplicativo

O processo ainda está sendo desenvolvido e o rastreamento de medicamentos deve estar em operação até 2022

Quem deseja ter mais controle sobre o medicamento que está tomando, agora já consegue. Um novo sistema de rastreamento foi criado para dar mais segurança ao consumidor e evitar a venda de medicamentos falsificados ou roubados.

A lei 11.903 que cria essa exigência foi sancionada em 2016. O processo ainda está sendo desenvolvido e implantado nas indústrias e tem que estar em operação até 2022.
Cada embalagem vai ganhar um código parecido com o ?QR?. Ali, estarão a data de validade, o lote e o número de série daquela caixa.

Os rastreamentos acontecerão por meio de tecnologia de captura, armazenamento e transmissão eletrônica de dados, nos produtos farmacêuticos no território nacional. O código de barras bidimensional é a tecnologia para a captura e o armazenamento de instâncias de eventos necessários ao rastreamento de medicamentos.

O sistema de rastreamento foi desenvolvido em parceria pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), e pelo Hospital das Clínicas de São Paulo.

Fonte: G1

Veja também

Alanac quer rever norma de precificação de remédios04/04/19 Criada há 36 anos, a Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais (Alanac) vem trabalhando pela modernização da regra de regulação de preços de medicamentos. Segundo o diretor executivo Henrique Tada, a entidade já recebeu da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) uma sinalização, pela qual o órgão se mostra predisposto a mexer nas regras atuais. ?O reajuste anual de medicamentos não atende......
Conheça novas estratégias para combater a desidratação das mãos18/03/19 Baixa umidade e temperatura levam a uma diminuição da função da barreira cutânea e torna a pele mais ressecada e reativa, sofrendo com alergias principalmente a componentes de produtos de limpeza, que acabam irritando mais o tecido cutâneo das mãos Além do......
Sindusfarma apresenta estudo sobre logística reversa10/04/19 O Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma) apresentou na última segunda-feira, 8 de abril, o Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica do Sistema de Logística Reversa de Medicamentos, produzido pela KPMG. A apresentação foi realizada......

Voltar para Notícias