Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 24 de Julho de 2019 às 08h00

Governo quer rever modelo de parcerias para produção de remédios

Método atual de parcerias para produção de medicamentos visa transferência de tecnologia entre laboratórios farmacêuticos privados e públicos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse à Folha de S. Paulo que o governo pretende rever o modelo atual de parcerias que visam a transferência de tecnologia entre laboratórios farmacêuticos privados e públicos para produção de medicamentos.

Esses contratos, chamados de Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) são usados para permitir a produção, no país, de medicamentos e outros produtos estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS) e que são geralmente importados ou representam alto volume de gastos ao governo.
Atualmente, o ministério tem 93 dessas parcerias. Nesta semana, a suspensão de 19 contratos dentro desse grupo gerou polêmica entre entidades do setor.

Fonte: Guia da Farmacia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/governo-quer-rever-modelo-de-parcerias-para-producao-de-remedios/

Veja também

Tratamento de câncer de próstata deve focar paciente03/04/19 Médico oncologista, Fernando Maluf diz que as abordagens mais atualizadas têm um refinamento em relação às técnicas utilizadas nos últimos anos e colocam como proposta que o tratamento se adapte ao paciente, e não o contrário Os novos estudos que abordam o câncer em órgãos genitais e urinários, especialmente de próstata e rim, apontam uma tendência a buscar a combinação de terapias, o tratamento personalizado e......
Medicamentos de marca ainda são a preferência entre consumidores19/03/19 Segundo estudo do IFEPEC, 63,55% dos brasileiros já compraram pelo menos uma unidade destes fármacos Estudo indica 63,55% dos brasileiros compraram pelo menos uma unidade de medicamentos de marca. Os dados, extraídos da Pesquisa de Comportamento do Cliente......
Genéricos são os mais buscados por brasileiros13/03/19 Do total de consumidores, 37% compraram medicamentos genéricos, 32% de marcas e 31% uma mescla dos dois tipos, segundo uma pesquisa feita pela Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrabar). De acordo com o......

Voltar para Notícias