Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 15 de Abril de 2019 às 10h20

Justiça garante atuação do farmacêutico na citologia clínica

A partir de agora, laudos realizados por esses profissionais devem ser aceitados

O Conselho Federal de Medicina (CFM) deve se abster de impor restrição à atuação do farmacêutico na citologia clínica. Essa é a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), em processo com trânsito em julgado em 10/04/2019 (ou seja, não cabe mais recurso). Citologia é a área responsável pelo estudo da estrutura e funcionamento das células humanas.

Na decisão, o TRF1 manteve o entendimento de inconstitucionalidade dos artigos 7º, 8º e 9º, da Resolução CFM nº 1823/2007, que tratavam do assunto, e reiterou a determinação que aquele conselho se abstenha de proibir a aceitação de laudos realizados por farmacêutico, bem como de não reconhecer e/ou não aceitar exames de análises clínicas assinados e/ou sob responsabilidade de farmacêutico.
O presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter da Silva Jorge João, reforça a importância de mais uma vitória para a categoria farmacêutica no âmbito da citologia clínica, ressaltando que não limitará esforços em garantir o exercício profissional farmacêutico conforme a sua formação acadêmica e previsão legal.

Fonte: CFF/Guia da Farmácia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/justica-garante-atuacao-do-farmaceutico-na-citologia-clinica/

Veja também

Excesso de exercícios leva a alterações negativas em órgãos vitais04/07/19 A prática de exercícios físicos intensos sem o tempo de recuperação adequado provoca alterações negativas em estruturas vitais do organismo, como coração, fígado e sistema nervoso central, revela pesquisa desenvolvida na Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto. Antes, já era sabido que esse tipo de treinamento intenso sem intervalos necessários levava à síndrome do overtraining, desencadeando sintomas......
Um em cada cinco brasileiros usa o celular enquanto dirige25/06/19 Dados são de pesquisa feita pelo Ministério da Saúde Dados do Ministério da Saúde revelaram que 19,3% da população das capitais brasileiras usam o celular enquanto dirigem. Isso significa que de cada cinco pessoas, uma afirmou que comete esse ato. A......
Economia em medicamentos: pesquisa aponta busca por opções mais baratas11/07/19 Os clientes das farmácias estão cada vez mais aceitando os medicamentos genéricos. Esse é o resultado de uma pesquisa recente realizada pelo IFEPEC (Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Corporativa) em parceria com a Unicamp com 4.000 consumidores de......

Voltar para Notícias