Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 22 de Maio de 2019 às 08h00

O app de quem não tem plano

Pelos cálculos do Minis-tério da Saúde, uma consulta médica pelo SUS pode demorar mais de 12 meses em várias regiões do País. Ao descobrir isso, o empresário Felipe Burattini decidiu criar uma plataforma com o objetivo desburocratizar a saúde. Foi aí que nasceu o Dandelin, aplicativo que promove agendamento de consultas com base em economia compartilhada, socializando os custos entre todos os membros de sua comunidade. A mensalidade nunca ultrapassa o valor de R$ 100 por usuário e não há limite para atendimentos médicos. ?Percebemos a dificuldade das pessoas que não têm condições de ter planos de saúde possuem em relação ao SUS. A Dandelin veio para auxiliar essa grande parcela da população. Já contamos com 2.400 usuários e mais de 600 médicos cadastrados?, diz Burattini.

Fonte: Isto é Dinheiro
Link: https://www.istoedinheiro.com.br/o-app-de-quem-nao-tem-plano/

Veja também

Saúde incorpora 5 novos medicamentos para tratamento de quatro doenças26/09/19 Pacientes com hidradenite supurativa, colangite biliar primária, fenilcetonúria e uveíte não infecciosa contam agora com tecnologias que devem melhorar o tratamento e a qualidade de vida Cinco novos medicamentos e uma associação medicamentosa, quando dois ou mais remédios são prescritos em conjunto, foi incorporada ao SUS para o tratamento de quatro doenças. Além disso, três dessas doenças passam a contar com o......
Prescrição médica digital e farmácias: esta relação pode dar certo?13/06/19 A realidade, o dia a dia, o perfil das farmácias e drogarias no Brasil e também de seus clientes vêm mudando muito nos últimos anos. Com uma base atualizada em tempo real com referências de milhares de medicamentos, uma ferramenta tecnológica traz mais......
Proibidos alimentos com Moringa oleifera05/06/19 Decisão baseia-se no fato de não haver avaliação e comprovação de segurança do uso da espécie Moringa oleifera em alimentos. A Anvisa proibiu, nesta terça-feira (4/6), a fabricação, a importação, a comercialização, a propaganda e a distribuição de todos os......

Voltar para Notícias