Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 25 de Abril de 2019 às 10h06

OMS: crianças devem ter tempo em frente a telas limitado a 1 hora

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou, nesta quarta-feira (24), um estudo que diz que crianças de até 4 anos devem passar, no máximo, uma hora em frente a telas de forma sedentária, como assistir TV ou vídeos ou jogar no computador. Para quem tem até 1 ano, não é recomendado ter contato com telas; para as crianças de 1 ano, não é recomendado tempo sedentário de tela e, para as de 2 anos, um tempo de até uma hora (preferencialmente menos). Para aquelas que têm entre 3 e 4 anos, o tempo sedentário de tela também não deve ultrapassar uma hora, sendo quanto menos, melhor.

O estudo apontou que crianças de até 5 anos devem passar menos tempo sentados em frente a telas ou contidos em carrinhos de bebê e assentos, ter melhor qualidade de sono e mais tempo para atividades físicas para crescerem saudáveis. Nos casos de sedentarismo, a OMS encoraja, independente da idade, a leitura e a contação de história. A entidade também destacou a quantidade de sono adequada para a idade: 14-17 horas ( até 3 meses), 12-16 horas (4 a 11 meses), 11-14 horas (1 a 2 anos) e 10-13 horas (3 a 4 anos).

?O início da infância é um período de rápido desenvolvimento e um tempo quando os padrões de estilo de vida familiar podem ser adaptados para aumentar os ganhos de saúde?, disse o diretor-geral da ONS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O estudo divulgado pela ONS é um guia sobre atividades físicas, comportamento sedentário e sono para crianças com até 5 anos desenvolvido por especialistas da organização. Eles avaliaram os efeitos em crianças do sono inadequado, do tempo passado em frente a telas ou contidos em carrinhos de bebê e assentos e avaliaram os benefícios do aumento dos níveis de atividade.

?Aumentar a atividade física, reduzir o tempo de sedentarismo e assegurar qualidade de sono em crianças vai melhorar seus físicos, saúde mental e bem-estar e ajudar a prevenir a obesidade infantil e doenças associadas mais tarde em suas vidas?, disse a gestora do programa de vigilância e prevenção de doenças não transmissíveis de base populacional da OMS, Fiona Bull.

* Com informações da OMS

Fonte: Agência Brasil
Link: http://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2019-04/oms-criancas-devem-ter-tempo-em-frente-telas-limitado-1-hora

Veja também

Saiba como identificar fake news sobre saúde19/09/19 As fake news, ou notícias falsas, espalham informações erradas sobre doenças e formas de prevenção, podendo causar sérios riscos a saúde. Saiba identificá-las e onde buscar informações com segurança Você provavelmente já recebeu em alguma rede social uma notícia com um título bem apelativo e impactante, sobre novidades impressionantes relacionadas à saúde. Essas notícias falsas, chamadas de fake news, já são......
Anvisa reduz burocracia com novas resoluções15/04/19 Menos burocracia e mais facilidade nos processos de registro de medicamentos. Essa premissa do trabalho da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vem ganhando ainda mais ênfase na gestão da nova diretoria colegiada. Em entrevista exclusiva, Daniela......
Um bom layout pode te ajudar a identificar público-alvo da loja14/03/19 Muitos pontos de venda (PDVs) têm seu espaço reduzido ou insuficiente, tendo em vista a quantidade de produtos que podem ser comercializados nas farmácia. Por isso, a escolha do portfólio deve ser estratégica e bem estudada, já que, nestes casos, não é......

Voltar para Notícias