Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 11 de Abril de 2019 às 08h11

Rio Grande do Sul não teve morte por Influenza em 2019

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) esclarece que não houve, no Rio Grande do Sul, nenhuma morte em virtude da gripe (Influenza) no ano. Segundo o Centro Estadual da Vigilância em Saúde (Cevs), foram confirmados até agora cinco casos da doença, nenhum deles com evolução para óbito.

Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde divulgou a informação de que haveria uma morte registrada no RS. No entanto, o ministério trabalha com uma classificação por município de residência. O caso de óbito referido se trata de um morador de Santa Rosa que foi hospitalizado na cidade de Riberão Preto, interior de São Paulo, e morreu naquele município.

O Rio Grande do Sul, assim como todos os estados, mantém um rigoroso controle sobre os casos de gripe em seus territórios. Todas as enfermidades são registradas nos municípios que notificam a vigilância estadual, e esta, por sua vez, abastece o banco de dados do Ministério da Saúde. Até esta quarta-feira (10), nenhum município gaúcho teve registro de óbito por Influenza.

Fonte: SECRETARIA DA SAÚDE RS
Link: https://saude.rs.gov.br/rio-grande-do-sul-nao-teve-morte-por-influenza-em-2019

Veja também

Médicos recorrem à tecnologia para aliviar a dor de pacientes02/04/19 Tratamentos que unem técnicas modernas com medicamento prometem reduzir incômodos, e podem ser encontrados em hospitais públicos e clínicas particulares Rio - Sentir dor não é normal. E para alcançar o alívio, ou até mesmo cessar esses incômodos, pacientes recorrem a tratamentos especiais. Em clínicas particulares e pelo SUS já é possível aliar medicamentos à equipamentos e recursos de alta tecnologia. O......
Tecnologias alteram consumo no varejo farmacêutico10/09/19 A principal alteração de consumo no varejo farmacêutico causada pela tecnologia é a automação do processo de compra. Ao invés de ir até o estabelecimento é possível enviar os itens necessários para o consumidor antes de ele ter a necessidade As tecnologias......
ONU: uso excessivo de remédios pode matar 10 milhões ao ano até 205030/04/19 Relatório de entidades ligadas à Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado hoje (29), alerta que o uso excessivo de medicamentos e os consequentes casos de resistência antimicrobiana podem causar a morte de até 10 milhões de pessoas todos os anos até......

Voltar para Notícias