Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 12 de Abril de 2019 às 08h30

Sai resolução que indica novas regras de funcionamento para farmácias

Normas simplificam autorização de funcionamento

Farmácias e drogarias de todo o País deverão seguir procedimentos mais simples para conseguir a concessão, a alteração e o cancelamento da Autorização de Funcionamento (AFE) e de Autorização Especial (AE). É que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, no Diário Oficial da União desta terça-feira (11), a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 275/2019, que atualiza o marco regulatório sobre esse tema.

Para otimizar o processo, a Anvisa redefiniu a documentação exigida, realizou o realinhamento das etapas de análise e decisão, além de ter redefinido os critérios de publicação das concessões ou alterações. Outra mudança importante foi a delimitação do prazo improrrogável de 30 dias para deliberação da Agência sobre um pedido de concessão dessas autorizações e a consequente possibilidade de concessão automática de AFEs e de AEs, nos casos de não observância desse prazo.

Além disso, a nova RDC estabelece a implementação de um programa de acompanhamento e monitoramento junto aos órgãos de vigilância locais, dos estados e municípios, com a elaboração de procedimentos, treinamentos e avaliação de risco, conforme o escopo das atividades autorizadas para a farmácia e drogaria, com prioridade às farmácias de manipulação.

Para saber mais acesse: https://guiadafarmacia.com.br/anvisa-simplifica-regras-de-autorizacao-de-funcionamento-para-farmacias/


Fonte: GUIA DA FARMÁCIA
Link: https://guiadafarmacia.com.br/sai-resolucao-que-indica-novas-regras-de-funcionamento-para-farmacias/

Veja também

Genéricos proporcionam economia de R$ 130 bilhões23/04/19 A economia que os genéricos trazem à população é indiscutível. Eles atuam como regulador de preços, favorecendo o consumidor Desde que chegaram ao mercado, em 1999, os genéricos já proporcionaram, aos brasileiros, uma economia de mais de R$ 106 bilhões em gastos com medicamentos, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró Genéricos). ?Esse valor considera apenas o......
Autorregulação e regulação da indústria farmacêutica31/07/19 Enquanto há quem reclame da economia, a indústria farmacêutica não vê crise no mercado brasileiro. Estima-se que até 2021 o país ocupará a quinta posição no ranking de maiores mercados industriais farmacêuticos, o que nos rendeu o apelido de país......
Anvisa aprova duas consultas públicas para Cannabis medicinal12/06/19 As duas propostas de Resoluções da Diretoria Colegiada (RDCs) que entrarão em consulta foram produzidas a partir de estudos e evidências científicas sobre o benefício terapêutico de medicamentos feitos à base da planta. Uma delas trata dos requisitos......

Voltar para Notícias