Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 17 de Setembro de 2019 às 07h57

Saúde lança campanha de vacinação nas fronteiras

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, lançou nesta segunda-feira (16), em Ponta Porã (MS), a campanha Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras, com ações de fortalecimento da vigilância em cinco cidades brasileiras fronteiriças aos países que compõem o Mercosul (Argentina, Paraguai e Uruguai).

?Uma das principais ações é aprimorar e fortalecer as coberturas vacinais, em parceria com todos os nossos vizinhos. Podemos aumentar em muito essas parcerias com os países que fazem fronteira com o Brasil, garantindo proteção para todos?, destacou o ministro, Luiz Henrique Mandetta.

O Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras acontece de hoje a 27 de setembro. O Brasil enviou 37 mil doses extras da vacina tríplice viral (sarampo) e 4 mil doses de vacina contra a febre amarela para as regiões foco da campanha. Para febre amarela, apenas a cidade de Barra do Quaraí, no Rio Grande do Sul, solicitou doses extras ao Ministério da Saúde. Assim, foram enviadas 4 mil doses de vacina à cidade gaúcha.

No Brasil, a ação acontece nas cidades de Ponta Porã (MS), Dioníosio Cerqueira (SC), Barra do Quaraí (RS) e Foz do Iguaçu e Barracão (PR). No Paraguai, em Pedro Juan Caballero e Ciudad del Este. Já na Argentina, a ação acontecerá Bernardo de Irigoyen e Puerto Iguazú. No Uruguai, a vacinação acontece em Bela Unión.

O Brasil registrou 3.339 casos confirmados de sarampo em 16 estados, nos últimos 90 dias. Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul estão entre os estados com surto ativo da doença

No início deste ano, houve a identificação da circulação do vírus da febre amarela na Região Sul do Brasil. Até o dia 31 de maio, foram confirmados 85 casos e 15 óbitos pela doença no país, sendo 14 casos e três óbitos na Região Sul. A maior parte dos infectados são jovens adultos do sexo masculino, que moram ou trabalham em áreas rurais.

Fonte: Agencia Brasil
Edição: Fernando Fraga

Veja também

Como a Internet das Coisas revolucionará a indústria farmacêutica11/09/19 A Internet das Coisas tem o potencial de revolucionar o setor farmacêutico permitindo e automatizando o monitoramento remoto de pacientes e a descoberta de medicamentos A Internet das Coisas (Em inglês, Internet of Things) (IoT) corresponde à inter-rede de dispositivos físicos incorporados com sensores, componentes, conectividade eletrônica e de rede, para facilitar a conectividade e facilitar a troca de dados em......
Remédios vão muito bem21/05/19 Enquanto o Produto Interno Bruto (PIB) deve ter ficado estagnado ou até levemente negativo no primeiro trimestre deste ano, as 138 empresas distribuidoras de medicamentos e produtos de higiene pessoal e cosméticos venderam, no mesmo período, R$ 1,4 bilhão em......
Novo Código de Ética Médica entra em vigor na próxima terça-feira24/04/19 Norma mantém autonomia do paciente, mas não regula telemedicina Respeito à autonomia do paciente, inclusive aqueles em fase terminal; preservação do sigilo profissional; direito de exercer a profissão de acordo com a consciência; e possibilidade de recusa......

Voltar para Notícias