Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 25 de Abril de 2019 às 10h00

Setor comemora simplificação de abertura de farmácias

Fim à burocracia! Na última segunda-feira, dia 22, a Anvisa concedeu de uma só vez 1.350 pedidos de Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE), documento exigido para a abertura de farmácias e drogarias. A medida acompanha a nova RDC 275/2019, publicada no dia 10 de abril e que estabelece um limite improrrogável de 30 dias para emissão da AFE ou a aprovação automática caso esse prazo não seja cumprido.

Essa decisão é parte de um trabalho da agência para simplificar a regulamentação do setor, conforme entrevista exclusiva veiculada em 15 de abril. Para o diretor-presidente da autarquia, Wiliam Dib, este é o início de um novo modelo. ?A RDC possibilita que a Anvisa atue com maior eficiência e qualidade e aprimore as ações em farmácias e drogarias?, ressalta.

A regulamentação foi comemorada pelas principais redes de farmácia do país. Segundo Sergio Mena Barreto, CEO da Abrafarma, que representa as 25 maiores varejistas do setor, a Anvisa levava até oito meses para emitir uma AFE. ?Ou seja, a RDC 275 proporcionou um ganho de mais de 200 dias. Até então, a loja, mesmo com estoque e equipe montadas, não podia funcionar em função do acúmulo de processos de concessão do documento?, argumenta.

Cada solicitação representa uma nova loja física que já pode funcionar normalmente no Brasil. Além disso, a nova RDC estabelece a implementação de um programa de acompanhamento e monitoramento junto aos órgãos de vigilância locais, com a elaboração de procedimentos, treinamentos e avaliação de risco, de acordo com o escopo das atividades autorizadas para a farmácia e drogaria, com prioridade para as farmácias de manipulação.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico
Link: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/25/setor-comemora-simplificacao-de-abertura-de-farmacias/

Veja também

Descarte de medicamentos pode ter logística reversa obrigatória03/05/19 Comissão de Meio Ambiente aprovou o projeto, que também inclui embalagens A logística reversa obrigatória para o descarte de medicamentos e suas embalagens teve mais um avanço. A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o projeto que inclui os medicamentos, de uso humano e veterinário, e as suas embalagens, entre os produtos para os quais é exigido descarte final por meio de um sistema de logística reversa. O......
Anvisa finaliza fase de testes da rastreabilidade30/05/19 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de concluir a fase experimental do Sistema Nacional de rastreabilidade de medicamentos (SNCM), que contou com a participação de mais de 15 empresas, entre indústrias, distribuidoras, farmácias e......
Pediatra da Fiocruz orienta sobre tratamento da bronquiolite14/05/19 A bronquiolite, inflamação dos bronquíolos (parte final dos brônquios), atinge principalmente os bebês menores de dois anos e é mais comum no inverno. Nos primeiros anos de vida, o sistema imunológico ainda é imaturo, o que torna as crianças mais suscetíveis......

Voltar para Notícias