Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 13 de Março de 2019 às 19h30

10 dicas para vender mais em 2019

A expectativa é de que a mudança de governo e a aprovação de reformas impulsionem a economia brasileira; o varejo farmacêutico precisa estar preparado para aproveitar o bom momento que se aproxima. O objetivo é ter ainda mais prosperidade no novo ano

O desejo por dias melhores movimenta as análises de especialistas em economia. Reformas na Previdência e nos processos políticos são esperadas como forma de desacelerar a crise e retomar o crescimento com maior otimismo nas manchetes dos jornais e entre os empresários, a tendência é de que o brasileiro em geral se sinta mais confiante e com maior disposição para consumir.

O canal farma precisa estar preparado para tirar o melhor proveito desse bom momento que deve chegar nos próximos meses. Estar em sintonia com as demandas do cliente é o ponto de partida. As farmácias devem deixar de ser somente pontos de venda (PDVs), para se transformar em verdadeiros pontos de experiência. Para tal, é preciso pensar todos os tópicos de operação da loja, desde o formato e a divulgação da oferta de produtos e serviços, passando pelo layout e atendimento, com instrumentos de monitoramento e controle das métricas de vendas e estoque.

Fonte: Guia da Farmácia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/10-dicas-para-vender-mais-em-2019/

Veja também

Anvisa proíbe testes rápidos em farmácias19/06/19 Testes laboratoriais remotos são uma forma de ampliar o atendimento à população, aumentando acesso e ampliando escopo de benefícios, se aplicados da forma correta O Ofício 4/2019 proíbe farmácias e drogarias de todo o País a oferecer exames rápidos à população, conhecidos como testes laboratoriais remotos (TLR). A justificativa é que um dos equipamentos, disponíveis no mercado para esse fim, não entra na......
PESQUISA: PREÇO E COMODIDADE SÃO PRIMORDIAIS NA ESCOLHA DA FARMÁCIA27/06/19 Ao ser questionado sobre quais os critérios de escolha de uma farmácia, ficou bem claro que o bolso e a comodidade são fatores primordiais na decisão do consumidor, deixando vários outros de lado. Essas são algumas das conclusões de uma pesquisa recente......

Voltar para Notícias