Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 04 de Abril de 2019 às 08h25

Alanac quer rever norma de precificação de remédios

Criada há 36 anos, a Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais (Alanac) vem trabalhando pela modernização da regra de regulação de preços de medicamentos. Segundo o diretor executivo Henrique Tada, a entidade já recebeu da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) uma sinalização, pela qual o órgão se mostra predisposto a mexer nas regras atuais.

?O reajuste anual de medicamentos não atende totalmente à expectativa do mercado, uma vez que advém de fórmula criada há 16 anos. É urgente e necessário haver uma revisão?, afirma o executivo. Segundo ele, entre as reivindicações está a inclusão de produtos com inovação incremental ? que incorporam novos elementos em relação à versão original, mas sem alterar as funções básicas.
A Alanac reúne 46 laboratórios farmacêuticos nacionais, que respondem por mais de 70% do movimento do varejo farmacêutico e atuam tanto em saúde humana como animal. ?Prezamos sempre pela inovação tecnológica e pela ampliação do acesso da população a produtos de qualidade, seguros e eficazes?, ressalta Tada.

Com esse propósito, a entidade também apoia o pedido, enviado à Anvisa, de isenção de prescrição médica para alguns remédios. São produtos que apresentam baixo potencial de risco, mesmo que de forma gradual e em uma categoria onde a concorrência é mais acirrada.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico
Link:https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/02/alanac-quer-rever-norma-de-precificacao-de-remedios/

Veja também

Excesso de exercícios leva a alterações negativas em órgãos vitais04/07/19 A prática de exercícios físicos intensos sem o tempo de recuperação adequado provoca alterações negativas em estruturas vitais do organismo, como coração, fígado e sistema nervoso central, revela pesquisa desenvolvida na Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto. Antes, já era sabido que esse tipo de treinamento intenso sem intervalos necessários levava à síndrome do overtraining, desencadeando sintomas......
O efeito do acordo de livre-comércio nos medicamentos genéricos09/07/19 As exigências da União Europeia para o acordo podem prejudicar a produção de medicamentos genéricos no Brasil Apesar das inegáveis vantagens, o acordo de livre comércio do Mercado Comum do Sul (Mercosul) com a União Europeia (UE) pode prejudicar a produção......
Mais de 53,5 milhões de pessoas já se vacinaram contra a gripe26/06/19 Mais de 53,5 milhões de pessoas dos grupos prioritários, entre eles, professores, gestantes, profissionais das forças de segurança de salvamento, crianças e idosos, procuraram os postos de saúde, onde se vacinaram contra a gripe, até essa segunda-feira (24).......

Voltar para Notícias