Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 11 de Julho de 2019 às 08h11

Anvisa disponibiliza o rastreamento de medicamentos por aplicativo

O processo ainda está sendo desenvolvido e o rastreamento de medicamentos deve estar em operação até 2022

Quem deseja ter mais controle sobre o medicamento que está tomando, agora já consegue. Um novo sistema de rastreamento foi criado para dar mais segurança ao consumidor e evitar a venda de medicamentos falsificados ou roubados.

A lei 11.903 que cria essa exigência foi sancionada em 2016. O processo ainda está sendo desenvolvido e implantado nas indústrias e tem que estar em operação até 2022.
Cada embalagem vai ganhar um código parecido com o ?QR?. Ali, estarão a data de validade, o lote e o número de série daquela caixa.

Os rastreamentos acontecerão por meio de tecnologia de captura, armazenamento e transmissão eletrônica de dados, nos produtos farmacêuticos no território nacional. O código de barras bidimensional é a tecnologia para a captura e o armazenamento de instâncias de eventos necessários ao rastreamento de medicamentos.

O sistema de rastreamento foi desenvolvido em parceria pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), e pelo Hospital das Clínicas de São Paulo.

Fonte: G1

Veja também

Anvisa realiza coleta de dados sobre assistência farmacêutica27/06/19 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informa às Vigilâncias Sanitárias (Visas) de estados e municípios que está disponível para preenchimento o formulário da consulta dirigida voltada para o levantamento de dados sobre a prestação de serviços de assistência farmacêutica. O objetivo é coletar e validar informações para o aprimoramento da regulação voltada para este segmento. O levantamento começou......
Saiba mais sobre nutrição enteral e fórmulas infantis21/06/19 Novos documentos orientativos sobre os regulamentos dessas categorias de alimentos podem ser consultados no portal da Anvisa A Anvisa informa ao setor regulado que já estão disponíveis para consulta a 2ª edição da publicação Perguntas e Respostas sobre......
Inteligência artificial pode prever mortes prematuras, diz estudo16/04/19 Pesquisa em Nottingham diz que machine learning melhorará a saúde preventiva Um estudo realizado por especialistas da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, indica que computadores que são capazes de prever mortes prematuras de humanos serão de grande......

Voltar para Notícias